Como é o mercado de trabalho em Libras?

Por | Social Media na Uníntese | 22 de abril de 2021


Uma das maiores preocupações de quem faz uma faculdade é saber como é o mercado de trabalho naquela área de escolheu. E não é em vão, afinal de contas o estudante que ingressa em um curso superior investe anos de dedicação, isso sem falar dos custos que tem até o momento em que pega o diploma.

Portanto, sim, é importante o estudante saber quem contrata, o que é esperado do profissional no mercado de trabalho e quais as perspectivas daquela área.

Já parou para pensar que muitas profissões simplesmente deixaram de existir ao longo do tempo, e que muitas outras apareceram?

Isso se deve, na maioria das vezes, às próprias necessidades que a sociedade impõe.

E é aí que uma graduação em Libras pode fazer a diferença em sua vida profissional.

Estima-se que uma pessoa com ensino superior, no Brasil, ganha mais do que o dobro do que alguém que tenha apenas o ensino médio.

Só esse dado já é um ótimo motivo para fazer uma faculdade, certo?

Mas uma formação na área da Libras pode abrir oportunidades ainda melhores.

Isso porque desde que a Língua Brasileira de Sinais foi oficializada no país, em 2002, cresceu muito a procura por profissionais que ensinem Libras, seja em escolas, universidades ou até mesmo em iniciativas do poder público que tenha como foco a inclusão.

Mas as possibilidades para quem se forma na área de Libras são ainda mais vastas, e optar por atuar nesse segmento, pode abrir portas para uma carreira sólida, com altos níveis de empregabilidade.

Empresas de diferentes setores entendem que o público que se comunica por meio da Libras requer um atendimento especializado, mais inclusivo, e, que para que isso seja possível, é indispensável criar equipes com intérpretes qualificados.

As políticas inclusivas estão cada vez mais em alta, e, à medida que avançam, abre-se ainda mais mercado de trabalho para profissionais da Libras.

Mas quais as graduações que permitem atuar na área de Libras?

Seja para atuar como professor de Libras ou intérprete, recomenda-se ao profissional ter um diploma de ensino superior.

Na Unintese/FADS é possível fazer faculdade de Letras e Pedagogia, com ênfase em Libras, ou ainda o tecnólogo em Tradução e Interpretação da Libras.

Qualquer um desses cursos tem reconhecimento do MEC, inclusive com nota máxima, garantindo ao estudante um diploma em uma instituição tradicional e pioneira no ensino de Libras no Brasil.

Conclusão

Os avanços da Língua Brasileira de Sinais são muitos, especialmente nas últimas 2 décadas, dando aos profissionais da área, um amplo campo de atuação.

Atualmente, no país, existem cerca de 10 milhões de pessoas com alguma deficiência auditiva, que necessita de uma atenção especial.

Então, se você se identifica com a área de inclusão e busca uma faculdade com alto nível de empregabilidade, a Unintese é o lugar certo para sua graduação.

Inscreva-se já e comece uma nova trajetória profissional.