Dia Mundial da Educação: por que essa data é tão importante em nosso calendário?

Por | Social Media na Uníntese |


Em 28 de abril é celebrado o Dia Internacional da Educação. A data faz parte do calendário de 164 países, e teve origem no ano 2000, durante o Fórum Mundial de Educação, realizado em Dakar, no Senegal.

O objetivo do encontro que deu origem à data era firmar um compromisso de levar a educação básica e secundária a todas as crianças e jovens do mundo até 2030.

Seis metas para a educação mundial

Durante o encontro que deu origem ao Dia Mundial da Educação, foram firmadas seis metas para os países que estavam presentes:

Expandir e melhorar o cuidado e a educação da criança pequena, especialmente para as crianças mais vulneráveis e em maior desvantagem;

Assegurar que todas as crianças, com ênfase especial nas meninas e crianças em circunstâncias difíceis, tenham acesso à educação primária, obrigatória, gratuita e de boa qualidade até o ano 2015;

Assegurar que as necessidades de aprendizagem de todos os jovens e adultos sejam atendidas pelo acesso equitativo à aprendizagem apropriada, a habilidades para a vida e a programas de formação para a cidadania;

Alcançar uma melhoria de 50% nos níveis de alfabetização de adultos até 2015, especialmente para as mulheres, e acesso equitativo à educação básica e continuada para todos os adultos;

Eliminar disparidades de gênero na educação primária e secundária até 2005 e alcançar a igualdade de gênero na educação até 2015, com enfoque na garantia ao acesso e o desempenho pleno e equitativo de meninas na educação básica de boa qualidade;

Melhorar todos os aspectos da qualidade da educação e assegurar excelência para todos, de forma a garantir a todos resultados reconhecidos e mensuráveis, especialmente na alfabetização, na matemática e em habilidades essenciais à vida.

Pessoas que dedicaram a vida à educação e mudaram a realidade

Ao longo da história, diversas pessoas mudaram vidas, realidades de países e deixaram o legado em todo o mundo através da educação. Selecionamos 3 personagens fundamentais nessa construção.

Emilia Ferreiro

A psicolinguista argentina Emilia Ferreiro teve fundamental importância na história da educação, especialmente no Brasil. Suas obras ajudaram a desvendar os mecanismos pelos quais as crianças aprendem a ler e escrever. Seu trabalho é calcado no construtivismo, que defende o papel ativo do aluno no aprendizado. Obras como Psicogênese da Língua Escrita ajudaram a consolidar Emilia Ferreiro como uma das maiores referências no ensino da América Latina.

Jean Piaget

O suíço Jean Piaget começou seus estudos na área de biologia, mas depois se dedicou às áreas de psicologia, epistemologia e pedagogia. Ele influenciou o ensino de maneira profunda, utilizando seu conhecimento e ideias para contrapor a educação tradicional e autoritária herdada das gerações anteriores

Sua principal teoria é a da Epistemologia Genética, que explica como o conhecimento é adquirido e organizado na mente humana, desde a infância até a fase adulta.

Paulo Freire

Paulo Freire foi um professor e filósofo brasileiro, considerado um dos pensadores mais importantes da pedagogia mundial, em todos os tempos. Freire escreveu o livro “A Pedagogia do Oprimido”, terceira obra mais citada em trabalhos acadêmicos da área de humanas em todo o mundo. Em suas publicações, defendia uma educação libertária, fugindo da pedagogia tecnicista e alienista. Patrono da Educação Brasileira, Freire foi o brasileiro mais homenageado da história.

Conclusão e importância do Dia Mundial da Educação

Ter uma data como o Dia Mundial da Educação é extremamente importante, pois nos faz refletir sobre a necessidade de o ensino ser universal, de acesso a todas as pessoas. Ainda há muito o que melhorar, mas desde o ano 2000, também tivemos avanços aqui no Brasil.

Dentre eles estão o acesso à educação primária, do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. O país também cumpriu a meta referente à inclusão de meninos e meninas na escola, independentemente do gênero. No entanto, reduzir o analfabetismo dos adultos, garantir educação de qualidade aos jovens e crianças com menos de 5 anos de idade continuam sendo desafios para o país.

Como instituição de ensino, esperamos que num futuro próximos possamos cumprir essas metas. Só assim teremos uma sociedade com pleno acesso à educação, independente da classe social.


Deixe seu comentário aqui.