O que é o Setembro Azul?

Por | Social Media na Uníntese |


Você já ouviu falar sobre o Setembro Azul? Se ainda não, fique conosco até o fim deste texto para saber mais sobre esse mês tão importante para a comunidade surda.

O que é o Setembro Azul?

O Setembro Azul foi escolhido como o mês mais importante do ano para a comunidade surda. E isso tem uma explicação: é em setembro que celebram datas muito especiais, tais como:

– 23 de setembro: Dia Internacional das Línguas de Sinais

– 26 de setembro: Dia Nacional do Surdo

– 30 de setembro: Dia do Tradutor

Mas por que a cor azul?

Em meio à Segunda Guerra Mundial, os nazistas colocavam uma faixa azul no braço de pessoas com deficiência, como forma de identificá-las e as enquadrar como inferiores. Os surdos também passavam pela mesma situação e identificação por parte dos nazistas.

Após o término da guerra, o azul passou a ser usada para simbolizar a opressão que os surdos sofreram na Segunda Guerra, mas também como forma identificar o orgulho da comunidade surda no mundo.

Essa identificação ficou mais difundida a partir de 1999, quando aconteceu a cerimônia da Fita Azul (Blue Ribbon Ceremony). Na ocasião, foram relembrados os surdos vítimas da opressão.

Naquela oportunidade, o Dr. Paddy Ladd – famoso professor e pesquisador surdo, usou uma fita azul no braço pela primeira vez como símbolo do movimento.

A importância de um mês dedicado à cultura surda

Primeiramente, vale destacar que toda iniciativa inclusiva é louvável, especialmente para os surdos.

O fato de ter um mês dedicado à temática da surdez e das línguas de sinais é importantíssimo para difundir a cultura surda e debater a importância de mais políticas públicas que amparem os surdos.

Também é de extrema-importância a sociedade se conscientizar cada vez mais sobre a relevância dos surdos e de toda a cultura dessa fatia tão especial da população. No Brasil, são mais de 10 milhões de pessoas com algum nível de surdez.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem 500 milhões de surdos no mundo. A estimativa é que, até 2050, esse número atinja o número de 1 bilhão de pessoas.

A Uníntese/FADS tem muito orgulho de apoiar a inclusão da comunidade surda.

Somos pioneiros no Brasil enquanto instituição que ensina a Língua Brasileira de Sinais, e difundir a Libras é uma missão da qual nos orgulhamos muito.


Deixe seu comentário aqui.