Soft Skills: o que são e qual a importância delas na sua vida

Por | Social Media na Uníntese | 24 de maio de 2021


A maioria das demissões nas empresas atualmente ocorrem mais por questões comportamentais do que por falta de conhecimento técnico. E, diante deste cenário, fica cada vez mais urgente a necessidade de os profissionais incorporarem as soft skills no dia a dia corporativo. Mas afinal de contas, do que estamos falando?

Acompanhe este artigo e descubra como essas habilidades podem fazer diferença em uma trajetória de sucesso no trabalho.

O que são soft skills?

Traduzindo do inglês, “soft skills” significa conhecimentos suaves, aqueles que incorporamos aos poucos.

Se por um lado, as hard skills são as habilidades mais fáceis de mensurar, como os conhecimentos técnicos e até formação acadêmica, as soft skills têm mais a ver com questões comportamentais.

Em um período em que inteligência emocional é um diferencial, incorporar as soft skills dentro da sua rotina pode garantir maior empregabilidade e até melhores cargos e salários.

Mas agora você deve estar se perguntando: ok, mas que habilidades são essas?

Como já dissemos, as soft skills são comportamentais, e alguns desses conhecimentos tão valorizados atualmente são: colaboração em grupo, flexibilidade para novos projetos e ideias, bom relacionamento interpessoal, foco nos resultados, comunicação eficaz, proatividade, entre outros.

Um profissional que agregue essas características à rotina dentro das empresas tem grandes chances de crescer.

Mas como faço para incorporar as soft skills?

Algumas dessas habilidades são natas das pessoas, mas podem ser aperfeiçoadas, como a organização. Alguém que tenha claro para si suas funções e as organize ao longo do dia tende a render mais no trabalho. Logo, seus resultados, em tese, serão melhores.

Entendeu?

O domínio do tempo também é imprescindível. Quem planeja as atividades e estipula um tempo para elas, evita atropelos que comprometam as entregas.

Existem outras soft skills que carregamos ao longo da vida, como a ética e a empatia. Aliás, a capacidade de se colocar no lugar do outro também impacta diretamente no trabalho, especialmente para quem está numa posição de liderança. A compreensão do que se passa com o colega ao lado poderá resultar em uma ajuda dentro de um projeto ou tarefa.

No fim das contas, ganha a empresa.

Outras soft skills valorizadas

A capacidade de resolver problemas ou melhor, de se antecipar a eles e criar soluções também é apontada como uma soft skill de extremo valor. A isso chamamos de proatividade.

Essa habilidade, aliás, é uma das mais valorizadas em processos seletivos dentro das empresas. Ser propositivo, assumir responsabilidades e usar da criatividade para apontar soluções fazem parte do comportamento de uma pessoa proativa.

Também são apontadas como soft skills a resiliência e a comunicação efetiva, que não dá margem para interpretações equivocadas.

Conclusão

Se você está se preparando para ingressar no mercado de trabalho ou já está atuando, mas acha que é possível crescer dentro da carreira é altamente recomendável fazer uma autoanálise e verificar quais as soft skills mais evidentes no seu comportamento e em quais deve melhorar.

O aprimoramento comportamental deve ser uma constante na carreira de todos nós. Colaborar para um melhor ambiente de trabalho com questões comportamentais pode gerar grandes resultados, seja no ambiente profissional quanto na vida pessoal.