Aplicativos móveis facilitam a comunicação com surdos

Por | Social Media na Uníntese |


Com o avanço tecnológico, aplicativos móveis que facilitam a comunicação com surdos foram desenvolvidos em benefício da acessibilidade e inclusão social

Com o avanço da tecnologia nos últimos 10 anos, não faltam aplicativos para qualquer tipo de tarefa, estudos e funções. A Língua Brasileira de Sinais – Libras, tem acompanhado esse crescimento tecnológico.

Você ouvinte, já encontrou barreiras para se comunicar com um surdo? E você surdo já encontrou barreiras para se comunicar com um ouvinte?

Então, hoje, vamos descobrir como facilitar essa comunicação por meio da tecnologia.

Divulgação: Série Crisálida.
Avanços na Língua Brasileira de Sinais foram fundamentais para o surgimento de aplicativos que facilitam a comunicação com surdos.

Avanços na Libras, impulsionaram surgimento de aplicativos móveis que facilitam a comunicação com surdos

A Libras tem avançado muito nos últimos anos, principalmente com a aprovação da Lei que regulamenta a profissão de Tradutor e Intérprete de LibrasLEI Nº 12.319, DE 1º DE SETEMBRO DE 2010.

Com essa regulamentação várias iniciativas de inclusão, acessibilidade e oportunidades no mercado de trabalho aconteceram.

A iniciativa de criar tecnologias ágeis e acessíveis para a comunicação entre surdos e ouvintes é uma delas.

5 aplicativos móveis que facilitam a comunicação com surdos

Conheça os 5 principais aplicativos e plataformas que facilitam a comunicação entre surdos e ouvintes (se você souber de outras ferramentas, insira nos comentários ao final desse texto):

Hand Talk

É uma ferramenta para dispositivos móveis que, através de um personagem, converte textos, imagens e áudios para Libras.

Inclusive, se você tirar a foto de uma placa ou outdoor poderá traduzi-la no aplicativo.

A Organizações das Nações Unidas (ONU) premiou o Hand Talk com o prêmio World Summit Award Mobile. Essa é uma competição bianual que reconhece aplicativos relevantes para a humanidade.

O projeto foi desenvolvido em Alagoas, em 2008, mas lançado em 2013, sendo uma iniciativa de Ronaldo Tenório.

Portanto, para quem vive da Libras e depende dela, o aplicativo se torna fundamental, uma ferramenta de inclusão social, que segundo Ronaldo visa diminuir “a dificuldade de integração dos surdos na educação, trabalho, lazer e em atividades cotidianas”.

ProDeaf

O ProDeaf é uma plataforma móvel que traduz o português textual e oral para a Língua Brasileira de Sinais.

Com o aplicativo no celular ou tablet, é possível falar ou escrever um texto e vê-lo traduzido para a Libras por meio de um avatar 3D com mãos e expressões faciais bem destacadas para facilitar a compreensão dos sinais.

Desenvolvido em Pernambuco, o projeto ProDeaf, também tem disponível o site WebLibras.

A iniciativa venceu a categoria Publicações e Mídias Digitais do Prêmio Brasil Criativo, entre outras premiações.

Segundo João Paulo Oliveira, desenvolvedor e coordenador técnico do ProDeaf, a ideia surgiu quando um grupo de colegas de mestrado em Ciência da Computação, na Universidade Federal de Pernambuco, sentiu necessidade de se comunicar com um colega surdo. “Ouvintes e surdo colaboraram a fim de criar o aplicativo”, relatou.

Tap Tap

Esse aplicativo faz o celular vibrar e piscar quando detecta algum som ambiente, como o uma porta se fechando, alarmes, sirenes de incêndio.

Os alertas podem ser regulados de acordo com os ajustes do usuário. Porém, diferente do hand Talk e do Deaf ele não é gratuito, custa três dólares e está disponível na App Store para iPhone, iPad and iPod Touch.

VLibras

A suite VLibras é um conjunto de ferramentas gratuitas e de código aberto que traduz conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) em Português para Libras, tornando computadores, celulares e plataformas Web mais acessíveis para as pessoas surdas.

O Vlibras é o resultado de uma parceria entre o Ministério da Economia (ME), por meio da Secretaria de Governo Digital (SGD), e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), através do Laboratório de Aplicações de Vídeo Digital (LAVID).

StorySign

Trata-se de uma plataforma desenvolvida originalmente em 2018 para auxiliar na alfabetização de crianças surdas. Para isso, a Huawei utilizou em seu software inteligência artificial (IA) e realidade aumentada (RA).

Atualmente, o StorySign oferece suporte para 15 línguas diferentes, estando em países como, por exemplo Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Portugal, Austrália e agora no Brasil. Até agora já foram traduzidos para Libras 71 livros, sendo 2 deles brasileiros.

Viu, como é possível estabelecer uma comunicação com surdos, mesmo sem saber Libras, por meio da acessibilidade tecnológica?

Mas, e se você pudesse ampliar a sua comunicação aprendendo Libras e ainda se tornar um profissional qualificado na área?

Sim. É possível estudar a Língua Brasileira de Sinais e ainda fazer dela a sua profissão ou agregar na sua área de atuação profissional.

Com a Uníntese o teu sonho se torna realidade. Isso porque, somos a instituição líder no ensino da Libras no Brasil há mais de 15 anos, com metodologia própria de ensino e prática.

Confira as opções de graduação e Pós-Graduação na área da Libras:

A Uníntese é líder no ensino da Libras no Brasil há mais de 15 anos.

Cursos de Graduação

🤟Comunicação Assistiva – Tradução e Interpretação da Libras/ Língua Portuguesa (2 anos);

🤟Letras/Libras (4 anos);

🤟Pedagogia Bilíngue (4 anos).

Curso de Pós-Graduação

🤟Pós-Graduação em Libras – Tradução, Interpretação e Docência (2 anos)


Deixe seu comentário aqui.